noticias.
online

OMS atualiza orientações sobre como fazer máscaras caseiras

De acordo com a entidade, é necessário usar ao menos três camadas de tecidos para fabricar as máscaras caseiras. Confira os detalhes!

Na última sexta-feira (05/06), a Organização Mundial da Saúde divulgou novas diretrizes para a fabricação de máscaras caseiras. A entidade reiterou a importância de usá-las em locais onde possa ocorrer o amplo contágio, especialmente quando o distanciamento social não for uma realidade. Entretanto, a novidade reside nos materiais recomendados para a confecção.

A OMS destaca que elas devem ter ao menos três camadas de tecido, sendo que a parte exterior precisa ser feita de um material resistente à água. Ou seja, o recomendado é usar polipropileno, poliéster ou uma mistura de ambos.

“Baseando-se em nova pesquisa, a OMS recomenda que as máscaras fabricadas devem consistir em ao menos três camadas, de diferente material”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante entrevista coletiva.

A camada do meio deve agir como uma espécie de “filtro” e pode ser confeccionada por meio de materiais sintéticos, como polipropileno ou um pedaço extra de algodão. Além do mais, a parte interna tem que ser feita por qualquer material que também resista à água, como o próprio algodão.

Máscaras caseiras contra a COVID-19: novas diretrizes sobre fabricação e uso

Ainda de acordo com a entidade, as máscaras devem ser feitas com materiais que consigam cobrir o nariz, a boca e o queixo. É preciso colocá-las com as mãos limpas e evitar contato ao longo do uso.

Caso ocorra o toque, a OMS recomenda que a pessoa limpe novamente as mãos para evitar qualquer consequência para si mesmo.

De qualquer maneira, os coordenadores da OMS ressaltaram que o uso de máscaras caseiras não substitui outras medidas para conter a COVID-19. O distanciamento social e a higiene das mãos continuam sendo mais eficientes.

“As máscaras em si não protegerão você da COVID-19”, disse Ghebreyesus. Assim sendo, elas funcionam mais para evitar a disseminação da doença do que para não se infectar.

você pode gostar também